A Terra

Depois de tudo o que já disse sobre a terra para Bonsai penso que pouco mais resta a acrescentar. Já falei nas composições da terra para as diferentes espécies de árvores e de como plantar uma árvore, resta-me acrescentar que a terra base se vende nos centros de Bonsai, a essa basta juntar mais areia ou argila, dependendo da espécie a transplantar.

Muitos estudos foram feitos sobre a terra ideal para cada árvore, será que se chegou a algum consenso? As experiências feitas no Japão, o berço do Bonsai, fez-nos conhecer as argilas vulcânicas japonesas, mas elas existem certamente noutros locais, as nossas, por cá, são bons substitutos. Quanto à areia a utilizar na composição da terra eu sugiro, sempre que seja possível encontrar, a gravilha muito fina de granito. Convém que antes de a utilizar a passe por um crivo para lhe retirar os grãos maiores.

Como estamos a falar de uma arte japonesa, penso que fica bem deixar aqui alguns nomes utilizados como uma gíria desta arte, eles servem para a comunicação com bonsaístas de outros países, tal como todos os outros nomes que já aprendemos aqui.

Argila vermelha   -   Akatsuchi

Terra de bosque   -   Fuyodo

Terra granulosa   -   Goro Tsuchi

Barro claro com areia   -   Kanuma Tsuchi

Turfa   -   Keto Tsuchi

Terra escura argilosa   -   Kuro Poka

Argila negra   -   Kuro Tsuchi

 

        Vasos     

O vaso para para Bonsai pode ser rectangular, oval, redondo hexagonal, etc. Deve ter pés para que as raízes possam respirar e grandes furos de drenagem, mas têm um senão, o seu preço. Não será problema quando possuímos uns quantos Bonsai, mas quando se está sempre a produzir novos exemplares, o dinheiro a despender torna-se um exagero.

Diante deste cenário, segui outros caminhos, visitei umas olarias e pedi para me fabricarem os vasos nas medidas que necessitava fazendo-me acompanhar de umas fotografias para ilustrar o meu pedido. Escusado será dizer que os oleiros, habituados a construir potes, pratos e os demais utensílios decorativos, torceram o nariz  e me davam como resposta que era tarefa impossível. Mas, como a necessidade faz o homem, enveredei por outro caminho, construi os meus próprios vasos e o resultado? Satisfatório, tanto que os construi nas medidas que necessitava. Depois foi encontrar uma olaria disposta a cozer os meus vasos. Encontrei e até nem me cobraram nada.

O vaso é apelidado frequentemente  como o "quadro"  ou  "retrato" dos bonsai. Um bonsai com um vaso inadequado perde muita da sua beleza. O vaso é por tanto algo a ter em conta, ele confere harmonia visual.

        

            

Escolha o vaso com cuidado e recorde que tanto a árvore quanto o vaso deverão viver juntos por muito tempo. Este processo de adequar o vaso à árvore é um processo que se aprende instintivamente e sem nos dar-mos conta. Da próxima vez que tiver a oportunidade de ver Bonsais deve reparar também no vaso, deve educar a vista a ver o conjunto, só assim poderá ser crítico em relação ao vaso a utilizar nas suas árvores.

Numa exposição de Bonsai ou num concurso, o vaso só por si, se for o apropriado, recebe 5 pontos. Noutro capitulo  tentarei arranjar espaço para lhe fornecer a lista completa de pontuação caso tencione levar seus Bonsai a concurso.

Escolhendo o vaso que realce a árvore

A ilustração abaixo mostra uma árvore plantada em diferentes vasos, o primeiro exemplo é o mais indicado pois o vaso retrata o aspecto da árvore, grossa e atarracada, o segundo exemplo é um vaso indicado para uma árvore alta de folha caduca, elegante, enquanto o terceiro exemplo é um vaso típico para uma cascata.

 

 

Tente seleccionar um vaso que realce o que a árvore está tentando  "dizer". No exemplo do centro,  um vaso oval do tipo bandeja,  Isto está muito bem em uma árvore mais formal, fina e alta mas para uma árvore mais pesada, como é o caso deste pinheiro,  fica bem um vaso do tipo rectangular e mais profundo como se pode ver na esquerda. À direita temos um vaso típico para um estilo cascata ou meia-cascata.

 

Cor do vaso  

Em regra geral, as coníferas tendem a ser plantadas em vasos cor de terra sem vidrado. Nas árvores de folha caduca, porque no Outono as folhas mudam de cor, teremos de encontrar o vaso da cor que se harmonize com as diferentes tonalidades que a folha adquire ao longo do ano enquanto que nas árvores de flore deveremos escolher o vaso a cor que a árvore adquire quando floresce.  

 

                 

 

 

Vasos para cascata  

Porque as cascata são plantas cuja copa pende na vertical, o vaso deve ser profundo para que a planta não toque na superfície onde o vaso estiver.

 

             

 

Alternativa aos vasos 

Muitas vezes não se utilizam vasos nas plantações de Bonsai mas lajes de pedra, o efeito é muito bonito porque dá a sensação de terreno aberto, liberta a árvore das "quatro paredes" a que o vaso a confina. As lajes de xisto são uma boa alternativa. Para plantar uma árvore com este processo é necessário cobrir todo o terreno com musgo para que este retenha a terra. 

As plantações na laje servem a todos os estilos excepto o de cascata mas são muito indicados para florestas pois "transportam-nos" a uma planície sem fim, transmitem calma e serenidade.

 

 

 Voltar